O registro de novas notificações de exemplares do escorpião amarelo no centro de Porto Alegre acendeu a luz de alerta para a infestação do aracnídeo.  Em Porto Alegre, já são mais de 50 notificações da presença do aracnídeo informadas à Secretaria da Saúde, só em 2018. O município vem alertando a população quanto aos cuidados relacionados à limpeza de ambientes e a importância de não tentar matar o animal, além de buscar realizar uma dedetização contra escorpião adequada.

Mais de 100 mil acidentes e 200 mortes são registrados, por ano no Brasil, decorrentes de diferentes tipos de envenenamento. Entre elas, estão as ocasionadas por escorpiões. No país, o maior número de casos de morte pelo escorpião amarelo é envolvendo crianças, já que a estrutura do corpo delas é menor, o que faz com que o veneno aja de forma mais rápida.

Dedetização contra escorpião

A dedetização contra escorpião é uma tarefa complexa que envolve muitos cuidados. De acordo com Manual de Controles de Escorpiões do Ministério da Saúde, dedetizar um ambiente a fim de exterminar os escorpiões faz com que os animais se desalojem, mas permaneçam vivos, aumentando os riscos. Com a aplicação pulverizada do produto, os animais se movem para regiões de superfície, onde não há veneno, e a possibilidade de acidentes aumenta.

Sendo assim, o melhor é estar atento para evitar acidentes, . Em casa, é preciso evitar vãos ou frestas nas paredes, vedar soleiras de portas com rolos de areia ou rodos de borracha, reparar rodapés soltos, colocar telas nas janelas e manter todos os pontos de energia e telefone devidamente vedados. Nas áreas externas, é importante manter quintais e jardins limpos, bem como colocar o lixo domiciliar em sacos plásticos mantidos fechados.

Trabalho especializado

O escorpião-amarelo não salta nem enxerga, apenas reage ao toque – por isso, se for visualizado, a orientação é que a pessoa tente matá-lo, sempre com segurança e, de preferência, cortando o animal para garantir que esteja morto, já que ele pode ficar imóvel por horas, aparentando que está morto. Inseticidas não são eficientes no combate. Apenas empresas especializadas em controle de pragas fazem este trabalho de dedetização contra escorpião.

A dedetização contra escorpião envolve procedimentos diferentes. O fato de poderem permanecer longos períodos em abrigos – como frestas de paredes, telhas, escondidos em caixas e tijolos –impedem que produtos pulverizados entrem em contato com o animal. De acordo com o Ministério da Saúde, os escorpiões possuem a capacidade de permanecer com seus estigmas pulmonares fechados e sem se alimentar por um longo período de tempo. Segundo biólogos, qualquer veneno mataria o escorpião, desde que atinja diretamente o animal.

Avise a vigilância em saúde

Ao avistar um escorpião amarelo ligue para o número 156 e disque a opção 6, da Vigilância em Saúde. A pessoa deve fornecer nome, telefone e endereço. A orientação é que se tente matar o animal com segurança, usando um calçado fechado e, de preferência, cortando o animal. Se possível, o morador também deve fotografá-lo para comunicar o caso à Vigilância em Saúde.

Consulte a equipe da Bom Preço

A Dedetizadora em Porto Alegre Bom Preço oferece um serviço de dedetização contra escorpião e outras pragas urbanas. A empresa possui licença de todos os órgãos responsáveis e conta com profissionais de altíssimo nível, que realizam a dedetização sem pôr em risco a saúde das pessoas do local.

Para isso dispõe de equipamentos avançados e profissionais experientes, que traçam a melhor estratégia para cada situação. A Dedetizadora e Desentupidora Bom Preço exerce seus serviços com o orçamento completamente gratuito, 24 horas por dia, 7 dias por semana. Ligue agora mesmo e agende uma visita técnica.